13/03/2017 _Primeira Parte - Pesquisa de Mercado e a Panela de Feijão
Primeira Parte - Pesquisa de Mercado e a Panela de Feijão

Durante uma aula de pesquisa de mercado em uma instituição de ensino superior, quando falávamos sobre pesquisas eleitorais um aluno disse: “Eu não acredito nestas pesquisas, sou eleitor há doze anos e nunca fui entrevistado, acho que inventam os resultados”.
Infelizmente muita gente pensa assim. Por isto resolvi dar uma breve explicação como funcionam as amostragens (parcela da população que vai representar todos os indivíduos que a compõe). Vamos supor que você está fazendo uma panelada de feijão para muitas pessoas. Durante a preparação você tem que por sal no feijão e, precisa saber se o alimento ficou bom. Então, você dá uma boa mexida no feijão dentro da panela e retira algumas poucas gotas para provar. Se estiver faltando sal, você coloca mais um pouco, se ficou salgado, você coloca mais um pouco de água e torna a provar algumas gotas. Em outras palavras, você não precisa comer toda a panela de feijão para saber se a salga ficou no ponto certo.
Aquelas gotinhas que você usou para provar o feijão é o que chamamos de amostra em pesquisa de mercado. Portanto se você nunca foi entrevistado, não quer dizer que suas opiniões não estejam representadas nos resultados da pesquisa.

Por J. M. Macedo,
Diretor de Planejamento e Pesquisa de Mercado

Voltar