09/04/2019 _Marca com personalidade ou só um produto a mais?
Marca com personalidade ou só um produto a mais?

Se você ouvir falar sobre a Nestlé com toda certeza saberá qual é esta empresa e conhecerá a maioria dos produtos fabricados por ela. Mas se ouvir falar sobre a marca Unilever muito provavelmente não lembrará dos seus principais produtos, como Omo, Lux, Doriana, Kitano, entre outros. 

Podemos afirmar que a gestão de marca da Nestlé não é melhor que a da Unilever (que ainda há pouco tempo se chamava Lever e um pouco antes era Gessy Lever). O problema é que muitas de suas principais marcas são resultado das aquisições que foram realizadas, como é o caso da Kitano, Arisco, Refinações de Milho Brasil (Maisena, Knorr) e Cica, entre outros. Claro que num médio a longo prazo todos saberemos quais são as principais marcas da Unilever, já que branding é uma tarefa árdua e demorada, mas com certeza traz grandes vantagens para a empresa e seus consumidores.

Vamos imaginar que você seja um hard user de doce de leite e encontre no seu supermercado um novo lançamento com o sabor doce de leite e nozes da marca XPTO. Com certeza, você vai ponderar muito antes de criar coragem de experimentar o novo produto. Mas se fosse um lançamento da Nestlé ou da Kibon você se sentiria mais seguro em provar a novidade. 

Marca não é apenas o nome de uma empresa ou de um produto. Marca é muito mais.  É como se fosse a identidade, o cartão de vacinação, o passaporte, o CPF, o currículo, folha corrida (prontuário policial) e a melhor foto de uma pessoa. Ou seja, a marca é a identificação, a imagem de qualidade e seriedade da empresa e de seus produtos.

Muitos empresários confundem marca com um nome bonito ou logomarca e, por isso, algumas vezes escolhem nomes que nada têm a ver com seus negócios. Quer um exemplo esdrúxulo? Imagine uma funerária com o nome Party (festa em inglês) ou Carnaval. 

A imagem gráfica da marca também é importante. Por isso, é bom lembrar que esta imagem deve ligar imediatamente à sua marca/produto/empresa. Porém, muita gente pode gostar muito da logomarca de uma grande empresa e pedir a um designer que faça algo bem parecido. O que acontece? A sua logomarca estará sempre lembrando a marca copiada e dificilmente terá uma identidade própria.

Voltar