24/03/2017 _Quinta Parte - Pesquisa de Mercado
Quinta Parte - Pesquisa de Mercado

CUIDADOS PARA EVITAR ERROS


Em pesquisa de mercado (assim como nas sociais e políticas) podemos utilizar diferentes métodos de amostragem, ou seja, da parcela do segmento populacional que compõe o universo (target) a ser investigado.
Dentre estes métodos destacamos a amostragem por probabilidade pura. Este método é extremamente rigoroso e por isto é o que garante maior precisão nos resultados. Mesmo sendo um tema muito extenso.

O primeiro passo é definir o tamanho da amostra, na prática esta definição está diretamente ligado à relação custo-benefício, em outras palavras, o custo da pesquisa em relação à sua margem de erro. Outro ponto de peso na definição do tamanho da amostra é a área a ser investigada. Por exemplo: se precisamos de uma amostra representativa da população de grandes áreas urbanas, podemos escolher uma capital de estado com mais de 2 milhões de habitantes e pesquisarmos somente esta cidade, e a amostra mínima seria de 400 casos com erro padrão de ± 5%. Se a pesquisa exige uma amostra representativa de todo um estado ou do país inteiro a amostra terá que ser muito maior porque terá que ser representativa de grandes, médios e pequenos centros urbanos, a amostra mínima deste caso será de 2000 casos, com margem de erro por volta de ± 2%.

Destaque-se que estamos sempre nos referindo a pesquisas quantitativas, ou seja, aquelas cujos resultados são sempre expressos em valores relativos (%).

Em breve, lançaremos um E-book, com mais detalhes sobre esse assunto! Fique de olho.

Por J. M. Macedo,
Diretor de Planejamento e Pesquisa de Mercado

Voltar